20 anos de prisão…

20 anos de prisão

Essa foi a sentença que João Paulo pegou no julgamento que aconteceu hoje no Paranoá.

A família da vítima esperava que o culpado podesse pegar pena máxima pelo crime pelo feminicidio que aconteceu em maio de 2021.

João Paulo matou Larissa Nascimento um dia após ser posto em liberdade pela justiça, ele usou um taco de baseball .

Relembre o caso

Larissa Nascimento foi morta brutalmente pelo companheiro na madrugada do dia 9 de maio. A vítima foi assassinada com golpes de taco de beisebol, no Condomínio Del Lago, no Itapoã.

João Paulo Moura de Sousa foi preso pela Polícia Militar do DF (PMDF) na casa do pai, na Quadra 329 do Itapoã.

Segundo a corporação na época, João Paulo já acumulava passagens por crimes praticados com violência contra o patrimônio, além de violência doméstica. As medidas protetivas e a tornozeleira eletrônica haviam sido retiradas há menos de uma semana na época do crime.

Os policiais militares chegaram ao local da ocorrência por volta das 5h, após uma denúncia anônima. Ao entrar na residência indicada pelo informante, a mãe do agressor afirmou que nada havia acontecido. Os PMs insistiram, perguntando sobre uma discussão no decorrer da madrugada, mas a mulher reafirmou que estava tudo bem.

Segundo relatos, quando amanheceu, a mãe, o autor das agressões e um irmão dele ficaram na calçada, conversando sobre o que fazer. O suspeito afirmava que não havia saída, que a mulher estava morta e que não queria ser preso. Por volta das 10h30, os bombeiros chegaram ao local e encontraram o corpo da mulher em cima da cama, em um quarto da casa, já sem vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat