A Polícia Federal (PF) cumpriu, nesta terça-feira (31/5), mais um mandado de busca e apreensão no âmbito da Operação Tabaco Trend, deflagrada na última segunda-feira (30/5). A ação tem como objetivo coibir o contrabando de cigarros eletrônicos no Distrito Federal. Dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos na primeira fase.

A Polícia Federal (PF) cumpriu, nesta terça-feira (31/5), mais um mandado de busca e apreensão no âmbito da Operação Tabaco Trend, deflagrada na última segunda-feira (30/5). A ação tem como objetivo coibir o contrabando de cigarros eletrônicos no Distrito Federal. Dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos na primeira fase.

Já nesta terça, foram apreendidos centenas de cigarros eletrônicos e acessórios, além de R$ 180 mil e cerca de US$ 200 mil em dinheiro (ou R$ 948 mil com a cotação do dólar de R$ 4,74 desta terça), em um depósito na capital federal. A ação contou com apoio da Vigilância Sanitária, Secretaria DF Legal e Receita Federal.

Durante as investigações, a Polícia Federal identificou os locais em que os cigarros seriam comercializados a partir de uma loja instalada na Feira dos Importados de Brasília. As evidências encontradas mostram indícios da prática do crime de contrabando de cigarros eletrônicos que envolveria uma organização criminosa. A apuração seguirá para identificar os autores do crime. O material apreendido será encaminhado à Receita Federal.

A comercialização de cigarros eletrônicos no Brasil é proibida nos termos de uma resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que “proíbe a comercialização, a importação e a propaganda de quaisquer dispositivos eletrônicos para fumar, conhecidos como cigarro eletrônico”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat