Empresário do Cruzeiro perde R$ 24 mil após falha em máquina de cartão

O dono de uma pizzaria no Distrito Federal teve prejuízo de R$ 24 mil após falhas na maquininha da PagSeguro e, com o rombo, corre o risco de fechar o estabelecimento. O comerciante lesado é Danilo de Figueiredo, 28 anos, dono da Dom Badu Pizzaria, que funciona no Cruzeiro.

O empresário explica que a máquina de cartão de crédito ficou ativa por cerca de três meses. Depois que o antigo aparelho deu defeito, ele requisitou outro para a empresa, em janeiro deste ano. Segundo explica, todo o processo é automatizado no sistema da PagSeguro

“A máquina já vem cadastrada da PagSeguro. Usamos durante três meses. Só em 17 de março percebi que esses pagamentos não estavam entrando na nossa conta. Fomos investigar e descobrimos que o CPF cadastrado é de outra pessoa”, explicou Danilo.

 

Como resultado, a pizzaria agora não consegue pagar os fornecedores nem as contas de aluguel e energia. Esta semana, a eletricidade do estabelecimento foi cortada. “Me sinto impotente. Hoje era para eu ter a empresa funcionando e não consigo. Estou sem energia, água, aluguel e fornecedores atrasados por conta disso”, desabafou o empresário.

Além disso, Danilo reclama da dificuldade de entrar em contato com a empresa. Ele narra que tentou fazer diversas ligações, mas não foi atendido. O proprietário da pizzaria abriu boletim de ocorrência na 3ª Delegacia de Polícia (Cruzeiro Velho).

Questionada sobre o caso, a PagSeguro afirmou que está em contato com o comerciante e vai apurar os fatos.

Veja a íntegra da resposta PagSeguro:

“O PagBank PagSeguro analisou a reclamação e já deu retorno inicial ao Sr. Danilo. Para apurar os fatos narrados com maior precisão, solicitou ao cliente (e aguarda retorno) acesso de um técnico nosso ao terminal, objeto da reclamação. O PagBank PagSeguro segue à disposição do Sr. Danilo para prestar eventuais esclarecimentos adicionais.”

Fonte: Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat