HOMEM MATA COMPANHEIRA E ACABA PRESO NO MOMENTO QUE FUGIA

A guarnição da viatura 11400 deslocou para averiguar a informação acima e fez abordagem em algumas vans do transporte alternativo e coletivos da empresa Catedral e em um desses ônibus, estava o suposto autor do feminicídio que abordado não esboçou reação, submetido a busca pessoal e dado-lhe voz de prisão, retornamos ao endereço (local do fato), uma kit net, onde estava o corpo de uma mulher jovem, caída em meio a poças de sangue, no corredor que liga a cozinha ao quarto. O suposto autor relatou que chegou em casa, na data de ontem (03), por volta das 21h30min e sem discutir com a companheira, sacou de uma faca e começou a golpe-á-la que a faca quebrou, sendo que a vítima, segundo autor, tentou impedir o ataque, mas ele alcançou outra faca e acabou por ceifar a vida da jovem. Próximo ao corpo da menor estava um cabo branco, provavelmente, de uma faca e na porta de entrada da kitnet, pelo lado de fora, estava uma lâmina de uma faca, com manchas de sangue. Em um rack no quarto, também estava uma faca do tipo peixeira, cabo marrom, suja de sangue. O suposto autor RAFAEL RIBEIRO ROLIM alegou que assassinou a companheira porque ela o estava traindo com o primo dele de nome Marlon e que não confiava nela, pois, achava que ela estava tramando assassiná-lo, pois ela já o teria ameaçado de morte. Que RAFAEL RIBEIRO ROLIM se mostrou muito tranquilo e descreve que estava com a vítima Liriel a mais de dois anos. O suposto autor foi encaminhado para a Delegacia na Vila Guará, em Luziânia/GO, ao passo que a guarnição do Sargento Hugo Leonardo permaneceu no endereço, para isolar e preservar até a chegada da Polícia Técnico Científica que foi requerida. O suposto autor foi apresentado para a autoridade policial de plantão, logo após, passar por Exame de Corpo de Delito.

Colaboração: Rubens Rubão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat