Homem suspeito de torturar irmãos, filho e mãe idosa é preso no Riacho Fundo

Policiais civis da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa, ou por Orientação Sexual, ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin) prenderam, nessa quinta-feira (12/5), um homem suspeito de torturar o próprio irmão, deficiente, de 39 anos. Mandado de busca e apreensão ocorreu na residência dele localizada no Riacho Fundo.

Segundo as investigações, o criminoso restringia comida e condições básicas de higiene ao irmão. Desse modo, as equipes foram até o endereço, onde encontraram a vítima faminta, sem roupa, com fezes no chão, trancada em um quarto sem eletricidade, onde ficava dia e noite, com receio de sair, amedrontada pelos quatro cachorros do suspeito, todos da raça pitbull.

Durante a ação policial, a vítima chegou a desmaiar de fome, sendo encaminhada para atendimento hospitalar, havendo suspeita séria de desnutrição e desidratação. Apesar de não haver lesões aparentes, há notícias de que o autor também maltratava a vítima, agredindo-a com cabos de vassoura.

“Além do irmão, há notícias de que o investigado também agredia o filho, de 11 anos, a irmã e a mãe idosa, que estão afastadas da residência por força de medidas protetivas da Lei 11.340/06, em favor delas”, destaca a delegada-chefe da Decrin, ngela Maria dos Santos.

O agressor vai responder por tortura contra pessoa com deficiência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat