Índice de criminalidade em Taguatinga reduz consideravelmente, aponta relatório da PMDF

A melhora na iluminação pública em regiões apontadas com índices de violência elevados, chegou a favorecer a redução dos crimes em alguns locais

Um demonstrativo elaborado pelo Comando de Policiamento da Regional Oeste da Polícia Militar (PMDF) sobre a criminalidade em Taguatinga, segunda maior cidade do Distrito Federal, mostra que o índice de violência na reunião diminuiu consideravelmente de janeiro a junho deste ano em comparado com o mesmo período de 2019.

Segundo os números obtidos pelo Jornal de Brasília, a PMDF constatou uma queda de 27,20% nos “roubos a transeuntes” na cidade, uma redução de 25,40% nos roubo a veículos e de 15,40% nos “furtos em veículos”. Os assaltos a comércio na região administrativa também caíram consideravelmente, 18,80%.

Outros números também foram coletados pelo departamento operacional da Polícia Militar que atua na localidade. De janeiro a 30 de junho, foram mais de 4.200 atendimentos realizados pela corporação. A quantidade de “pessoas abordadas” também foi elevado e ultrapassou a marca dos 3 mil, sendo 260 flagrantes registrados.

Os dados da corporação militar também mostram que, no primeiro semestre, 34 armas de fogo foram apreendidas em Taguatinga. Número semelhante ao de veículos recuperados, que somou 38. Já o número de atuações contra o tráfico de drogas chegou a atingir 127.

A redução da criminalidade na região, segundo fontes, se dá pela intensificação do trabalho da PMDF e por fatores externos ligados à atuação de órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF) e das empresas públicas.

A melhora na iluminação pública em regiões apontadas com índices de violência elevados, chegou a favorecer a redução dos crimes em alguns locais, como exemplificou o administrador de Taguatinga, Geraldo César de Araújo, procurado pelo Jornal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat