Mulher é esfaqueada pelo companheiro e morre em João Pinheiro.

Um homem de 42 anos foi preso pela Polícia Militar suspeito de matar a companheira na madrugada desse sábado (06) em João Pinheiro. O crime brutal aconteceu na Rua Celso Dornelas no bairro Esplanada.

A casa onde o casal morava ficou cheia de sangue. Segundo informações, a mulher foi atingida por um golpe de faca no peito quando estava no quarto e depois foi arrastada até a cozinha, onde foi atingida mais seis vezes.

Gislene Ferreira Morais de Jesus de 37 anos é natural de Tobão da Serra em São Paulo.

O suspeito alega que foi um suicídio e afirmou que os dois tentaram se matar e negou qualquer tipo de agressão contra sua companheira. O casal fez uso de bebida alcoólica na noite anterior.

Segundo informações, os dois estavam juntos cerca de três anos. André seguiu firme e negou qualquer tipo de agressão contra sua companheira. A perícia da Polícia Civil constatou sete perfurações por arma branca (faca). O homem estava sujo com sangue da companheira e a versão apresentada por ele não foi acatada pela polícia. Ele foi preso em flagrante e levado para a Delegacia de Polícia Civil.

Colaboração: @ Conexão.Noroeste

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat