Padeiro assassino que trabalhava em confeitaria do DF é preso por policiais penais

Policiais penais prenderam um padeiro procurado por homicídio cometido em agosto deste ano. O homem, de 38 anos, trabalhava em uma confeitaria em Samambaia e tinha mandado de prisão em aberto por ter assassinado um homem no município do Novo Gama, Entorno do DF.


O criminoso foi preso enquanto trabalhava na panificadora, na QR 403 de Samambaia. De acordo com as apurações, ninguém imaginava que o padeiro se escondia da polícia havia dois meses. Ele era visto como um homem tranquilo, e não havia tido qualquer tipo de problema com os outros funcionário.

Colaboração: Metrópoles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat