Polícia prende suspeito de ter matado homem e ter jogado o corpo em bueiro em Samambaia

Na tarde dessa quinta-feira (20-05), a Polícia Civil prendeu o suspeito de mais um crime bárbaro cometido em Samambaia.

Rômulo Ricardo Rodrigues, (foto a direita) teve a prisão preventiva decretada nessa quinta-feira, ele é suspeito de ter matado, queimado e ter jogado o corpo de Kinssiger Lopes Cabral em um bueiro na 427 em Samambaia norte.

Kinssiger teria sido morto a golpes de facão em uma residência na QR 123 após ser dopado, e seu corpo foi levado em um carrinho até o parque Gatume onde foi encontrado.

 

Segundo informações, Kinssiger morava com amigos e após uma discussão, foi dopado, e recebeu golpes de facão no pescoço e no rosto, não resistindo e veio a óbito.

Após denúncias, a Polícia Civil foi até a residência de Rômulo onde teria sido encontradas provas do homicídio e o levou preso.

Relembre o caso:

Corpo de homem é encontrado dentro de bueiro, em Samambaia.

O corpo de um homem foi retirado de dentro de um bueiro, nesta quarta-feira (19), no Parque Gatumé, na QR 427 de Samambaia, Distrito Federal. Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima aparentava ter cerca de 40 anos e apresentava lesões na cabeça e nos braços.

O Instituto de Criminalística da Polícia Civil foi acionado e, após perícia, o corpo foi resgatado. O caso é investigado pela 26ª Delegacia de Polícia, em Samambaia Norte. Segundo a corporação, parte do cadáver estava carbonizada.

Os militares foram acionados às 7h45, por uma pessoa que passava pela região e informou ter visto muito sangue próximo ao bueiro.

Ao chegar no local, um bombeiro usou equipamentos de segurança para descer cerca de 7 metros de profundidade. No fundo, ele encontrou o cadáver enrolado em cobertores.

Agora as investigações estão a cargo da 26ª DP, (Samambaia Norte), que está atrás de outras provas pra solucionar o caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat