*Sete armas de fogo são apreendidas no DF nas últimas 24h*

A Polícia Militar apreendeu sete armas de fogo e prendeu sete homens por porte ilegal de arma de fogo, durante ações realizadas de sexta (22) para sábado, no Distrito Federal.

A primeira arma de fogo foi apreendia às 19h30 desta sexta-feira (22). Na ação, um homem foi preso com uma pistola de fabricação caseira e três porções de maconha em um bar no Núcleo Rural Rajadinha em Planaltina. Policiais militares do Grupo Tático Operacional do 14º Batalhão (Gtop 34) receberam a denúncia de que tinha um homem armado em um bar naquela região. O suspeito foi localizado e com ele a equipe encontrou a arma, 12 munições calibre 12, as porções de maconha e uma faca. O abordado foi apresentado na 16ª Delegacia.

A segunda arma foi apreendida por volta das 21h, na QNM 10, em Ceilândia Norte. Dois homens foram presos suspeitos de porte ilegal de arma de fogo e disparo em via pública no conjunto D da QNM 10. A equipe foi ao local e encontrou um homem em atitude suspeita. Na casa dele, a equipe encontrou uma moto com as mesmas características da denúncia. Durante as buscas, os policiais receberam a informação de que a arma estaria em um barraco no fundo do lote. Lá, os policiais encontraram o outro suspeito, uma pistola Glock calibre 9mm com um kit rajada e 14 munições intactas e uma deflagrada. A dupla assumiu os disparos e foram apresentados na 15ª Delegacia.

Às 22h30, um homem foi preso com uma pistola após denúncia de ameaça em um condomínio na QE 40 do Guara II. Policiais militares do Grupo Tático Operacional do 4º Batalhão (Gtop 24) receberam o chamado de que tinha um homem armado tentando entrar no edifício e fora impedido pela portaria. No local, a equipe encontrou o suspeito com uma pistola Glock 9 mm com um carregador e nove munições intactas. O abordado alegou ser CAC (Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador) porém, não apresentou documentação de trânsito ou da arma. O porteiro acusou o detido de ameaça por ter sido impedido de entrar no condomínio. O homem foi preso e apresentado na 1ª Delegacia, onde foi registrado o flagrante por porte ilegal de arma de fogo e pela ameaça.

Na madrugada de sábado (23), policiais militares do Grupo Tático Operacional do 9º Batalhão (Gtop 29) prenderam um homem que invadiu uma casa no Setor Leste do Gama, na madrugada deste sábado (23). O suspeito entrou a força em uma residência na quadra 48, onde moram três mulheres, e alegou que estava sendo perseguido. O vizinho percebeu a movimentação estranha e ligou para a PMDF. O suspeito efetuou oito disparos no interior da casa, porém ninguém foi atingido. O Gtop 29 compareceu no local e o suspeito se entregou. Nenhuma das moradoras se feriu ou foi ameaçada. Uma idosa precisou de atendimento médico devido ao nervosismo. O revólver calibre 38 foi apreendido e o suspeito foi conduzido para a 20ª DP, ele aparentava estar sob o efeito de drogas. Ele foi autuado por porte ilegal de arma de fogo, disparo em via pública e roubo com restrição da liberdade em concurso com extorsão.

Às 00h30, após receber informação do Águia 30, policiais militares do GTOp 30, deslocou-se até o endereço citado e nas proximidades dos barracos localizou uma espingarda artesanal calibre .22 . Não foi possível localizar os elementos que portavam o armamento. A apreensão foi feita na 19ª DP.

Às 00h38, um homem de 38 anos foi preso por porte ilegal de arma de fogo, na QN 30, Conjunto 6, no Riacho Fundo II. A equipe policial foi abordada por um senhor, vítima de dois homens armados, sendo mantido refém com sua esposa e filhos em sua residência. Os policiais rastrearam o celular de uma das vítimas, localizando-o na quadra 30, via pública, em posse de um dos autores, o qual portava uma arma de fogo cal. 38 de numeração com cinco munições intactas. O suspeito dispensou, próximo à residência das vítimas, uma sacola preta contendo uma TV LG, preta, e um vídeogame Xbox. Após realizar consulta no sistema CNJ, foi constatado um mandado de prisão em aberto em desfavor do suspeito. As vítimas e um dos autores foram encaminhados à 27ª DP.

Às 1h, policiais militares do TOR (Tático Operacional Rodoviário), atuando na região do Paranoá, abordou um GM/Kadett com dois ocupantes. Foi localizado no veículo uma espingarda de pressão adaptada para calibre .22 com 31 munições. O condutor do veículo assumiu a propriedade da arma. Conduzido à 6° DP, sendo autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat