“Da próxima vez vou te matar”, disse homem que espancou adolescente

Em depoimento prestado na 11ª Delegacia de Polícia (Núcleo Bandeirante), o adolescente, 14 anos, espancado por um homem, 27 anos, em uma quadra de esportes, contou à polícia que o agressor o havia ameaçado outras vezes e sempre falava que “não ia com sua cara”. Vídeo gravado por testemunhas flagraram a agressão, que ocorreu na tarde de sábado (23/4)

O adolescente relatou que jogava bola com alguns amigos na quadra atrás de uma igreja, na 3º Avenida, na Vila Divinéia, no Núcleo Bandeirante. Por volta das 16h30, Victor de Sales Batista teria se aproximado e dito: “E agora? Você vai correr? Você não disse que não sou seu pai?”. Logo depois, segundo o menor, o agressor desferiu o primeiro soco no rosto dele.

 

A cena de violência foi acompanhada por pessoas que estavam na quadra. Na filmagem, é possível ouvir os gritos: “Ajuda, ajuda”, disseram as testemunhas. Caído no chão, o adolescente foi espancado com chutes, xingado e ameaçado. “Da próxima vez vou te matar”, disse Victor, segundo o menino. Após as agressões, o suspeito fugiu do local caminhando tranquilamente e zombando da situação.

A Polícia Militar do DF (PMDF) foi acionada e, no momento em que os policiais chegaram ao local, encontraram o adolescente ferido. Os PMs chegaram a patrulhar a área para tentar localizá-lo, mas sem sucesso. O adolescente e a mãe foram conduzidos à 11ª Delegacia de Polícia (Núcleo Bandeirante), onde prestaram depoimento. O menino também passou por exame de corpo delito no Instituto Médico Legal (IML). O caso é investigado pela PCDF como lesão corporal, injúria e ameaça.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat