Sara Winter desativou conta no Instagram.

A militante bolsonarista Sara Winter de livre e espontanea vontade desativou sua conta no Instagram.

Ontem, o Facebook — empresa que engloba o Instagram — retirou do ar um vídeo postado por ela com dados pessoais de uma menina de 10 anos que foi estuprada pelo tio e engravidou.

“O vídeo em questão foi removido por violar nossas políticas ao promover potenciais danos a pessoas no mundo offline de forma coordenada”, informou o Face.

O YouTube encerrou a conta da bolsonarista Sara Winter na madrugada desta terça. No lugar da página dela, o serviço de vídeos informou apenas que a extremista violou os termos de sua plataforma.

O Google, dono do YouTube, ainda não se pronunciou sobre o caso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat