Sob efeito do álcool, homem atropela e mata pedestre de 63 anos no Gama

 

Correio Braziliense

Sob efeito do álcool, um homem de 50 anos foi preso, na noite do último sábado (2/4), após atropelar e matar um pedestre de 63 anos na Ponte Alta do Gama. O sinistro de trânsito ocorreu por volta das 19h45, na DF-475. Segundo informações da polícia militar, a vítima chegou a ser encaminhada ao Hospital Regional do Gama, mas não sobreviveu.

O sinistro de trânsito ocorreu em frente a uma distribuidora de bebidas. De acordo com a corporação, uma viatura do 9º Batalhão da Polícia Militar (Gama) foi acionada. A embriaguez ao volante foi constatada com teste do bafômetro, que apontou 1,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido (mg/L).

Segundo a Lei 11.705, de 19 de junho de 2008, conhecida como Lei Seca, é considerado crime se o bafômetro indicar concentração igual ou superior a 6 decigramas de álcool por litro de sangue ou igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar.

A identidade da vítima e do motorista não foram confirmadas. A perícia foi solicitada para o local, e a ocorrência está a cargo da 20ª Delegacia de Polícia (Gama). A pena é de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de dirigir. Segundo o histórico da ocorrência, o motorista do veículo estava com “a capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool”.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a infração é classificada como gravíssima e a multa é de R$ 2.934,70. No caso de reincidência, a infração é dobrada e sobe para R$ 5.869,40.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat